Páginas

Bem-vindos...

Vejo a chuva cair... o vento soprar... o sol entra pela minha janela... as nuvens passam. Tudo passa... E virão novos e bons tempos...

Bem-vindos...!

Veo la lluvia caer... el viento soplar... El sol entra por mi ventana y las nubes pasan... Todo pasa... Y vendrán nuevos y buenos tiempos...

¡Bienvenidos...!

(Alma Inquieta)

14 de setembro de 2009



Hay palabras que nos besan!


Hay palabras que nos besan
Como se tuviesen boca
Palabras de amor, de esperanza,
De inmenso amor, de esperanzar loca.


Palabras nudas que besas
Cuando la noche pierde el rostro;
Palabras que se rehúsan
A los muros de tu disgusto.


De repente coloridas
Entre palabras sin color,
Esperadas inesperadas
Como la poesía o el amor.



(El nombre de quien se ama
Letra a letra revelado
En el mármol distraído
En el papel abandonado)



Palabras que nos transportan
Adonde la noche es más fuerte,
El silencio de los amantes
Abrazados contra la muerte.


Alexandre O'Neill


Si supiéramos cuántas veces se interpretan nuestras palabras gravemente, habría mucho más silencio en este mundo!

(Oscar Wilde)


Ojalá, hoy, me hubiera quedado callada!





Há Palavras que Nos Beijam


Há palavras que nos beijam
Como se tivessem boca
Palavras de amor, de esperança,
De imenso amor, de esperançar louca.



Palavras nuas que beijas
Quando a noite perde o rosto,
Palavras que se recusam
Aos muros do teu desgosto.



De repente coloridas
Entre palavras sem cor,
Esperadas inesperadas
Como a poesia ou o amor.



(O nome de quem se ama
Letra a letra revelado
No mármore distraído
No papel abandonado)



Palavras que nos transportam
Aonde a noite é mais forte,
Ao silêncio dos amantes
Abraçados contra a morte.


(Alexandre O'Neill)


Se soubéssemos quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio no mundo!

(Oscar Wilde)


Quem dera, hoje, eu tivesse ficado calada!





A.C.
14.09.2009



10 comentários:

  1. olá pessoa linda, que tanto gosto, sabes que do fundo de meu coração tenho um enorme carinho por ti, gostaria de pedir desculpa se a entristeço com minhas palavras, por favor desculpa-me, mas escrevendo consigo aliviar um pouquinho da tristeza que sinto por ter perdido a felicidade que tanto sonhei... Amiga obrigada por existir obrigada de coração e que Deus abençoe...um beijo carinhoso...Mary

    ResponderEliminar
  2. Olá Mary,

    Minha querida!
    Eu sei que te faz bem exteriorizar a tristeza, mas fico com um aperto no peito...por saber que vives da lembrança de um amor.
    Guarda as recordações numa gaveta da tua memória, porque afinal, o passado faz parte de cada um de nós, mas deixa-a fechada..., se te fazem sofrer.
    A vida é feita do passado, do presente e do futuro.
    O passado já foi, arruma-o.
    O presente é agora, vive-o.
    O futuro é amanhã, não o desperdices!
    E principalmente, não o desperdices por causa do passado!
    Põe um sorriso nesse rosto lindo, Minha Querida!
    Que Deus te proteja tanto como aos meus filhos!
    Um beijo enorme desta tua amiga, que mesmo sem te conhecer pessoalmente, nutre um imenso carinho por ti!

    A.C.

    ResponderEliminar
  3. Gracias por tus entradas
    besitos y amor
    je

    ResponderEliminar
  4. Sedemiuqse,

    de nada mi niña...
    es un placer.

    besos.

    ResponderEliminar
  5. Olá minha querida!
    Verdade muitas vezes nossas palavras são interpretadas de outras formas e acabos magoando pessoas que gostamos tanto!
    Sabes que do fundo do meu coração eu sinto um carinho enorme por ti, acho que de tantos blog's que eu leio esse é o único que sinto paz nas palavras que você escreve e sabes também que eu consigo te ouvir. Parece que você está susurrando em meu ouvido as mais belas palavras, já te tenho como se fosse de minha família em tão pouco tempo!
    Queria te agradecer por estar sempre acompanhando meu blog e gostar da maneira que eu escrevo.

    Beijos com todo meu carinho!

    ResponderEliminar
  6. ALMA, las palabras besan, hieren, desprecian, aman...Pero a las palabras hay que respetarlas mucho.
    Y lo que dice Oscar Wilde es cierto: se malinterpretan demasiadas veces...

    Un beso con cariño de Carmen

    ResponderEliminar
  7. Olá Caroline,

    minha Querida!
    Cá para nós, que ninguém nos ouve, mas eu gosto muito de ti e da Mary ( e de outra pessoa).
    Não sei porquê, mas tenho por vocês as duas um carinho, como de mãe, sabes?
    Apetece dar beijinhos e abraços, porque és uma ternura meu amor!
    E que bom que sentes paz ao ler o meu blog, JÁ VALEU A PENA CRIÁ-LO!
    Acompanho o teu blog, sempre com o maior prazer, porque é uma delícia o que tu escreves!
    Que Deus te proteja como aos meus filhos, meu Anjo Lindo!
    Beijos com muita ternura.

    ResponderEliminar
  8. Hola Carmen,
    es verdad,
    las palabras besan, hieren, desprecian, aman...Y yo hoy he herido… sin intención
    pero lo hice…
    besos.

    Perdóname M.A.A.

    ResponderEliminar
  9. Quanto sabedoria de Oscar Wilde.
    Cada cabeça é um mundo.
    Cada um interpreta de acordo com a sua vivência e nem sempre a interpretação é a correta.
    Arrependida ?
    Não se arrependa. Mas aprenda.
    bj

    ResponderEliminar
  10. Olá Celamar,

    Arrependida sim, porque magoei alguém que não merece!

    Beijo.

    ResponderEliminar



¡Deja hablar tu corazón...
tus palabras son carícias en mi alma!

ALMA


Deixa o coração falar...
as tuas palavras são caricias para a minha alma!

ALMA


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...