Páginas

Bem-vindos...

Vejo a chuva cair... o vento soprar... o sol entra pela minha janela... as nuvens passam. Tudo passa... E virão novos e bons tempos...

Bem-vindos...!

Veo la lluvia caer... el viento soplar... El sol entra por mi ventana y las nubes pasan... Todo pasa... Y vendrán nuevos y buenos tiempos...

¡Bienvenidos...!

(Alma Inquieta)

25 de julho de 2010



¡Piedras de la vergüenza...
Piedras que me duelen...!!!


(Sakineh Mohammadi Ashtiani)



"El que, de vosotros, esté sin pecado... que tire la primera piedra...!"

Sakineh Mohammadi Ashtiani es más una de los millones de mujeres iraníes cubiertas de la cabeza hasta los pies por el xador. La veste negra es una de las versiones más radicales del velo musulmán, destinado a ocultar la sexualidad femenina. En el año 2005, ella fue encarcelada por el régimen fundamentalista de Irán. En el año 2007 fue juzgada.

¿El crimen de que fue acusada?

Adulterio que habría cometido después del fallecimiento de su marido.

¿Su condena?

Muerte por apedreamiento.
  
En ese momento ella tenía cerca de 43 años.

Según la acusación, fue detenida, en 2005, por mantener una “relación ilícita” con dos hombres.

La condena primera fueron 99 latigazos...

El proceso siguió su curso, y en el día 27 de Mayo de 2007 Sakineh fue condenada a muerte por lapidación.

La historia de Sakineh, madre de dos hijos, nos hace acordar el personaje bíblico María Madalena. Cristo, en su infinita misericordia, la salvó de la muerte por lapidación.

Es célebre Su frase:

- “El que, de vosotros, esté sin pecado... que tire la primera piedra...!”

Dos mil años después de ese episodio, vergonzosamente, aun hay mujeres víctimas de las piedras y de la intolerancia de los hombres.

Irán, país que la vio nacer, es uno de los líderes en la vergonzosa lista de los países musulmanes, en la violación de los derechos humanos.

Dos mil años después del episodio de María Magdalena, Sakineh Mohammadi Ashtiani es salva de la muerte por lapidación.

Dos mil años después, Jesús tomó la forma de un blog...

¡Sí! Un blog creado por su abogado, donde expuso el caso. La condena fue conmutada, pero sigue siendo pena de muerte... sólo no se sabe el método...

Cada nación tiene sus propias creencias, religión y leyes. Pero cuando, en un país, quieren matar a una mujer, con piedras tiradas a su cabeza, ante la asistencia de centenas de personas como si fuera un acto de Justicia mezclado con la Diversión..., acusada de adulterio, cometido después del fallecimiento de su marido..., ¡ sobran las palabras...!

Sólo me ocurren preguntas...

¿Adónde está la Comunidad Internacional cuando ocurren cosas así...?

¿Cuál es su papel... además de... "observadora"?

¿Asistir, tan sólo, al desarrollo de los acontecimientos?

¡Seamos todos eco de quienes necesitan ayuda y comprometámonos por los Derechos Humanos...!

¡Los derechos de nuestros hermanos...!

¡Si te conmueve esta historia y no quieres que sean solo palabras..., luego de leer, haz click en este link, AMNÍSTIA INTERNACIONAL, súmate a mí y firma también la petición para salvar su vida... y al menos la de 11 personas más que corren peligro de ser ejecutadas de ese modo...!


¡CUENTO CONTIGO...!!!






Pedras da vergonha...
Pedras que me doem...!!!


"Quem de vós não tiver pecado... atire a primeira pedra...!"

Sakineh Mohammadi Ashtiani é mais uma dos milhões de mulheres iranianas cobertas da cabeça aos pés pelo xador. A veste negra é uma das versões mais radicais do véu muçulmano, destinado a ocultar a sexualidade feminina. No ano de 2005, Sakuneh foi presa pelo regime fundamentalista do Irão. Em 2007 foi julgada.

O crime de que foi acusada?

Adultério que teria cometido depois da norte do seu marido.

A sua pena?

Morte por apedrejamento!

Nessa altura teria 43 anos de idade.

Segundo a acusação, foi detida, em 2005, por manter uma “relação ilícita” com dois homens. 

A primeira condenação foram 99 chicotadas... 

O processo seguiu o seu curso e, no dia 27 de Maio de 2007, Sakineh foi condenada à morte por lapidação!

A história de Sakineh, mãe de dois filhos, faz-nos recordar o personagem bíblico de Maria Madalena. Cristo, na sua infinita misericórdia, salvou-a da morte por lapidação.

É célebre a Sua frase:

- “Quem de vós não tiver pecado... atire a primeira pedra.”

Dois mil anos após esse episódio, vergonhosamente, ainda há mulheres vítimas das pedras e da intolerância dos homens...

O Irão, país que a viu nascer, é um dos líderes na vergonhosa lista dos países muçulmanos na violação dos Direitos Humanos.

Dois mil anos depois do episódio de Maria Madalena, Sakineh Mohammadi Ashtiani é salva da morte por lapidação.

Dois mil anos depois, Jesus tomou a forma de um blog...

Sim! Um blog criado pelo seu advogado, onde expôs o caso. A pena foi comutada, mas continua sendo pena de morte..., apenas não se sabe o método...

Cada nação tem as suas próprias crenças, religião e leis. Mas quando, num país, querem matar uma mulher, atirando pedras à sua cabeça, perante a assistência de centenas de pessoas como se fosse um acto de Justiça misturado com Diversão..., acusada de adultério, cometido depois do falecimento do seu marido... sobram as palavras!!!

Só me ocorrem perguntas...

Onde está a Comunidade Internacional quando ocorrem coisas assim...?

Qual é o seu papel..., além de... "observadora"?

Assistir, apenas, ao desenrolar dos acontecimentos?

Sejamos todos eco dos que necessitam ajuda e comprometamo-nos pelos Direitos Humanos...!

Os direitos dos nossos irmãos...!

Se te comove esta história e não queres que sejam só palavras..., depois de ler, faz click neste link, AMNISTIA INTERNACIONAL, une-te a mim e assina a petição para salvar a sua vida... e pelo menos a de 11 pessoas mais que correm o risco de ser executadas dessa forma...!


CONTO CONTIGO...!!!




A.C.
25.07.2010




59 comentários:

  1. Hola Reltih!

    Me alegro mucho, de verdad!

    Gracias!

    Un beso y que tengas un excelente domingo.

    ResponderEliminar
  2. Estou contigo nessa minha querida amiga.
    Estou pasma com o que li, ela já viúva, ter tido outro homem, significa ter traído o marido?

    Que vem a ser isso?

    Estou indo no Amnistinia Internacional neste momento.

    Beijos querida.

    ResponderEliminar
  3. Olá querida Majoli!

    É verdade..., é das maiores vergonhas da Humanidade!

    Mas, mais recentemente veio outro caso a publico, esta sim executada...
    uma menina de 13 anos acusada de adultério, quando na verdade o que tinha sucedido foi uma violação por vários ¿¿¿homens??? (devemos chamar a esses seres homens???) e foi executada num estádio de futebol com mais de mil pessoas a assistir...!!!

    Enquanto isso, o MUNDO continua a assistir impávido e sereno e não se faz nada!!!

    Oxalá as nossas assinaturas tenham a força necessária para salvar estas vidas!

    Obrigada minha amiga!

    Um beijo enorme.

    ResponderEliminar
  4. Un besote a esta mujer tan amable, tan concienciada y con tan buen gusto (me ha costado encontrar la manera de contestar a Alma Inquieta)

    ResponderEliminar
  5. Hola Carlos,

    muchas gracias por tus palabras!

    Sí, no está en el lugar habitual, pero no se puede tener todo... (me gusta la plantilla, pero tiene ese inconveniente..., con el pasar del tiempo te acostumbras...)

    Un beso y que tengas una excelente semana.

    ResponderEliminar
  6. Bela postagem!
    Tem selinho prá vc em meu blog!
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Olá Noemia!

    Muito obrigada por passar e pelo selinho!

    Um beijo e desejo una excelente semana.

    ResponderEliminar
  8. Qué atroz!! Gracias por difundirlo, voy ahora mismo a firmar!! Sigo de vacaciones, hasta septiembre :) moitos biquiños e beijinhossssss

    ResponderEliminar
  9. Alma já assinei, e penso que não é o ódio o oposto do amor, mas a ignorância e este caso prova isso. Bjos.

    ResponderEliminar
  10. Alma, minha amiga!
    A Lei Islâmica e as orientais em geral, sempre foram de uma crueldade estúpida com as mulheres. Vou mais longe, mesmo nos países que têm leis favoráveis como os europeus e até o Brasil, nós, mulheres que tanto contribuímos para a melhoria do planeta não temos o respeito que merecemos.
    É duro, mas é a verdade. Ainda há um longo caminho a percorrer...
    Parabéns pela lucidez e a denúncia!
    Beijos nesse lindo coração!!!

    ResponderEliminar
  11. Te felicito amiga y estoy orgullosa de vos por tomar este tema y aportar tu granito de arena.
    Es tan vergonzoso, como doloroso.
    De aquí me voy a la página que citas, para aportar lo mío.
    Un gran abrazo

    ResponderEliminar
  12. Querida Alma

    Você é uma mulher maravilhosa, um ser humano de primeira grandeza. Parabéns pela excepcional iniciativa. Beijo, Fátima Guerra

    ResponderEliminar
  13. Hola plinnn!

    Sí Galicia... es de una barbaridad sin tamaño...
    Gracias por firmar... a ver si las voces se levantan para hacerlos parar...

    Ya que sigues de vacaciones... disfruta!

    Besos, biquiños y beijinhos...

    ResponderEliminar
  14. Olá EDER!

    Obrigada por assinares...
    Quantos mais... melhor!
    A ver se a união faz a força para parar com a ignorancia, como tu muito bem dizes!

    Um beijo e que tenhas uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  15. Olá amiga Vanuza!

    É verdade! Há outros crimes que se praticam sob a capa da religião que envergonham a Humanidade.

    Tens toda a razão. Até nos países ocidentais, ainda se vê muito desrespeito para com a mulher. Mas, o caso da lapidação não se aplica só às mulheres..., os homens também estão sujeitos a esta crueldade...!

    Ainda há um longo caminho a percorrer..., oxalá os nossos protestos em forma de assinatura ajudem a encurtar esse caminho!

    Muito obrigada pelo carinho que se lê nas tuas palavras!

    Um beijo e que tenhas uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  16. Hola querida Mabel!

    Gracias amiga por tus palabras..., lo que hago es tan poco...!
    Es verdad... es tan vergonzoso, como doloroso...
    Gracias por unirte a los que ya han firmado.
    Ojalá lo logremos!

    Un beso enorme y que tengas una excelente semana.

    ResponderEliminar
  17. Olá Fátima!

    Obrigada pelo carinho...=)

    Tento fazer a minha parte, mas tenho consciência que o que faço é tão pouco tendo em conta o que a vida me dá...!

    Um beijo enorme e que tenhas uma excelente semana!

    ResponderEliminar
  18. Boa noite,
    saio daqui com um nó na garganta depois de ler o seu texto, não consigo entender como é que em pleno Sec.XXI ainda se cometem monstruosidades destas.

    Já assinei esta petição sim, nem poderia agir de outra forma, acho mesmo que não dormiria mais em paz.

    Bem-Haja!

    Beijinhos,
    Ana Martins
    Ave Sem Asas

    ResponderEliminar
  19. Olá Ana!

    É verdade, parece que retrocedemos no tempo ao ler este texto..., mas infelizmente não!

    Oxalá as nossas vozes cheguem a quem de direito para devolver a dignidadde que estão a roubar a estas pessoas!

    Obrigada por te juntares aos que não se conformam...!!!

    Um beijo e desejo-te uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  20. Me entristece esse assunto amada,sinceramente eu fico pensando até q ponto nós chegamos.
    Ñ se trata da situação q a pessoa vive e o pq do q foi causada a traição, independente de ser ou ñ viúva o assunto em questão trata de um ser humano portanto isso ñ passa de covardia certo?
    Amada, muito obrigado por tua visita.
    Já estou com saudades de ti.
    Beijos minha amada amiga.

    ResponderEliminar
  21. Amélia

    estes momentos acontecem porque há gente linda como tu...

    um beijão

    ResponderEliminar
  22. Voltando aqui minha querida, e ao ler tua resposta ao meu comentário, me veio um arrepio forte, um asco...não ouvi sobre essa garota de 13 anos, mais de mil pessoas a assistir.
    Não podem ser chamados de homens, são vermes, não merecem perdão.
    Indignada minha querida.

    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar
  23. hace tiempo que me llega por correo Amnistía Internacional.
    Y nunca dudo en ir a su pedido.
    No tiene nombre esto que hacen, crueles, indignos ellos que la juzgan y condenan.

    Un beso querida Alma.
    Ten una linda semana.

    ResponderEliminar
  24. ...olá anjo!

    vou assinar quantas vezes precisar
    porque tenho vergonha de pertencer
    a raça humana onde convivem conosco
    respirando o mesmo ar, estes espíritos
    POBRES, pequenos e tão cheios de maldade
    no coração.

    oxalá um dia ees acordem destas
    sandices sem medida...

    bj, querida!

    ResponderEliminar
  25. Amiga!

    Vim da minha querida Vanuza, li a tua indignação no caso Eliza e vim saber da tua.

    Somos irmãs!!! Sofremos a dor de todas as vítimas de atrocidades, horrores, crimes inqualificáveis.

    Lê aqui - http://cvssemprejovens.blogspot.com/2010/07/salvemos-sakineh-mohammadi-ashtiani.html

    Indignação é tão pouco!!! Temos algumas armas, divulguemos e tentemos acordar consciências egocêntricas para a podridão deste mundo "nojento"....

    Bem hajas.
    Abraço-te com fervor, ser humano belo.

    Na Casa do Rau

    ResponderEliminar
  26. Olá Pérola!

    É muito triste toda a situação, mas o mais triste é ver que quem pode e deve fazer alguma coisa... assiste impávido e sereno à degradante situação que é imposta a esta pessoas!

    Isto é uma desonra, não para quem sofre no corpo e na alma estas barbaridades, mas para todos nós!

    A mim envergonha-me!!!

    Também tenho saudades tuas.

    Beijos Amiga do sorriso lindo!

    ResponderEliminar
  27. Olá AFRICA EM POESIA!

    Obrigada.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  28. Olá querida Majoli!

    É, eu tenho muita dificuldade em aplicar a esses montros a palavra Homem... ser Homem é agir com dignidade, não como eles!
    Já te enviei um link onde podes ler a notícia.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  29. Hola Cecy!

    Sí, me alegro mucho que no dudes en ir a su pedido (de Amnistía Internacional) y hacer llamamientos por luchas en favor de los Derechos Humanos.
    Es como dices... no tiene nombre esto que hacen...!

    Gracias por el cariño.

    Un beso y que tengas una linda semana también...

    ResponderEliminar
  30. Olá querida Vivian!

    Agradeço-te de coração que te juntes a esta luta por algo tão básico... como a dignidade de uma pessoa!

    Oxalá consigamos salvar a vida destas 12 pessoas que têm sobre a sua cabeça a ameaça das pedras e da ignorância dos homens.

    Um beijo enorme.

    E que tenhas uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  31. Amiga Amélia!

    Posso tratar assim? Somos todos amigos na Blogosfera!!!
    Voltei para me fazer seguidora e agradecer o facto de ter comentado no meu novo Blog.
    Efectivamente eu estou em vários Blogs, mas a minha casa é mesmo a Casa do Rau.
    A segunda é o Sempre Jovens.
    Tê-la conhecido hoje fez-me mais feliz, muito mais, mesmo!!!

    Beijinhos

    Na Casa do Rau

    ResponderEliminar
  32. Olá querida Fernanda!

    Muito obrigada pelas palavras que me deixou na entrada "Não somos Deus"...

    Já visitei o seu blog e, desde já, lhe digo que pode publicar os meus textos...

    Não imagina como fiquei feliz por encontrar neste mundo da blogosfera alguém que partilha as mesmas inquietações que eu!!!

    Unamo-nos e lutemos contra as injustiças!

    Disponha das minhas palavras...
    Façamos a nossa parte!

    Um beijo e boa semana.

    ResponderEliminar
  33. Olá Fernanda,

    de novo...:=)

    Já voltei à Casa do Rau e já a sigo para no perder as suas palavras!

    Eu também estou muito feliz por ter encontrado alguém que partilha as minhas inquietudes e angustias!

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  34. - Já fiz minha pequena parte, e sinto-me como quem removeu uma pedra do caminho do inferno para ajudar a erigir uma catedral. Obrigado por ser minha guia generosa.

    ResponderEliminar
  35. Acabo de firmar querida amiga. Conmovedor e increible que sucedan estas cosas tan terribles. Un abrazo grande.

    ResponderEliminar
  36. Alma, ontem não consegui fazer comentário, mas hoje cá estou.
    O mundo está de uma violência e atrocidade que assustam. Credito muito do que está acontecendo à falta de religiosidade das pessoas. E o que dizer desta tão falada religião, que maltrata, que mata, que condena sem piedade?
    Nem sempre acreditar ou não em um ser superior nos dá discernimento para fazer o certo.
    Fico aqui, parada, estamos de mãos atadas, mas pelo menos podemos usar nossas vozes, para protestar a respeito.
    Pobre mulher, pobres filhos, pobre mundo!
    Beijos!
    (vou assinar, já, já.)

    ResponderEliminar
  37. Custo a acreditar que lamentavelmente ainda existam situações como essa acontecendo, julgamentos e punições tão arcaicas e desumanas.
    O que mais me chama a atenção e lamento, é o desequilíbrio existente no que tange à postura, pois enquanto algumas mulheres são tão severamente punidas, outras em contra ponto, se prostituem e nos envergonham com postura nada aceitável, de modo descarado, sem que nada possamos fazer.
    Os extremos existem lamentavelmente, em todos segmentos , sejam eles cultural, financeiro, etc.
    Engajo nessa sua tentativa de ajuda, que muito admiro, vou já no blog indicado.

    Fique com Deus minha querida, e agradeço o carinho de sua visita.

    Beijo no coração.

    ResponderEliminar
  38. hola amiga ALMA

    admiro y gusto de tu sensibilidad amiga.

    beijos

    ResponderEliminar
  39. Olá Barcellos!

    Muito obrigada meu amigo por remover essa pedra, de coração!

    Um beijo e que tenha uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  40. Hola querida amiga!

    De Alma para Alma... muchas gracias por firmar y, así, unirte a los que no bajan los brazos!

    Un beso y que tengas una excelente semana.

    ResponderEliminar
  41. Olá querida Lúcia!

    Obrigada minha querida por te juntares a quem não aceita estas barbaridades, muitas delas cometidas sob a capa da religião e em nome de Deus!

    Que mentira!

    Que tenhas uma excelente semana,

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  42. Olá Fátima!

    É verdade, custa mesmo a acreditar..., mas infelizmente é real!

    Oxalá a nossa indignação e as assinaturas consigam fazer destes crimes contra a Humanidade... coisas do passado..., oxalá!!!

    O sítio para assinar é o site da AMNISTIA INTERNACIONAL.

    Um beijo e que tenhas uma excelente semana.

    Obrigada pelo carinho.

    ResponderEliminar
  43. Hola querido Amigo Poseidón!

    Muchas gracias por el cariño y por tus palabras!

    Un beso y que tengas una excelente semana.

    ResponderEliminar
  44. Alma, querida, agora consegui. Meu pc travava. Muitas pessoas condenam as outras sem olhar para si próprias. Boa noite. Forte abraço.

    ResponderEliminar
  45. Olá querida Elzenir!

    É verdade...
    Como o mundo seria tão melhor se não julgassemos os outros!

    Obrigada pelo carinho.

    Um beijo e que tenhas uma excelente semana.

    ResponderEliminar
  46. Querida amiga

    Hoje estou passando para agradecer
    a sua amizade.
    Amizade que torna a vida preciosa.
    Que enche de cores as minhas palavras.
    Que me faz ainda mais feliz,
    com o afeto distribuído
    a cada visita,
    a cada comentário
    e a cada palavra escrita
    no livro dos meus dias.

    Sua amizade me faz melhor.

    ResponderEliminar
  47. Sorprende que a estas alturas de la existencia humana, aún ocurran estas cosas.
    Aportaré mi granito de arena.

    Un abrazo

    ResponderEliminar
  48. Olá ALUISIO!

    Muito obrigada por essas palavras!
    Agradeço também a visita.

    Um beijo e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  49. Hola Silvia!

    Sí, es verdad... sorprende que, en pleno siglo XXI, aún ocurran estas cosas!!!

    Gracias por aportar tu granito de arena.

    Un beso y que sigas teniendo una buena semana.

    ResponderEliminar
  50. É cruel e chocante uma história como essa, Alma! Em pleno século XXI essa barbárie ainda continua...
    O amor das pessoas, a cada dia que passa, esfria mais. É muita insensibilidade e desumanidade!
    Estou contigo, querida!

    Beijos!

    ResponderEliminar
  51. DE alma inquieta a alma inquieta:
    Gracias por tu comentario en mi blog, vine en cuanto pude para admirar el tuyo y he decidido que me tuvieras muy cerca y me puse de seguidora, quédate tu también cerca de mi, y podremos compartir tantas cosas que nos oprimen el alma.
    Tu tema, es sangrante,las mujeres nos tiene de uso y disfrute. En Europa estamos consiguiendo pequeños logros, porque en el fondo , nuestros varones machistas nos quieren dar un "chupa chup" para que no les molestemos , más la relidad tiene un gran trasfondo que hay que desvelar y conseguir.
    Estoy a tu lado
    espera que vuelvas a su casa y te quedes.
    Con ternura
    Sor.Cecilia Codina Masachs O.P

    ResponderEliminar
  52. hola amiga llegue de viaje y paso a leerte, es realmente indignante que en pleno siglo xx aun se vean estas cosas, y tienes razon que hacen los derechos humanos para evitar esto, es que acaso el hecho de ser mujer nos condiciona, miembros de derechos humanos internacionales, deberian unirse y hacer propuestas en defensa de esos actos reprobables, ya pase a firmar amiga y gracias por existir seres como tu que se preocupan y nos enseñan la solidaridad para apoyar a los mas debiles. gracias amiga por tus palabras dejadas en mi blog, mi hijo tenia ocho años y medio y hace ya casi 5 que dios lo llevo a su lado,pero para una madre siempre sera aller. abrazos y bendiciones con amor...luz estrella

    ResponderEliminar
  53. Olá Verinha linda!

    É minha querida, em pleno século XXI, mas parece que retrocedemos no tempo!!!
    A ver se conseguimos que as nossas vozes em forma de assinatura cheguem a quem de direito...!

    Obrigada por te juntares a mim...

    Um beijo enorme e espero que as tuas férias tenham sido excelentes.

    ResponderEliminar
  54. Amiga querida, primeiro, obrigada pela sempre carinhosa visita, segundo, e lastimavelmente, esse assunto que abordou em seu blog, quantas pedras da vergonha vemos no dia-a-dia, mulheres sendo cada vez mais massacradas, humilhadas e jogadas aos olhos vis de pessoas que se dizem ter o direito de fazer essa atrocidade, se pudermos gritar ao mundo por um basta, que bom, que ações como esta que trazem assuntos tão covardes a tona, sejam discutidos mais vezes, vou fazer parte dessa aliança para um futuro mais digno a mulheres do mundo, beijo no seu coração nobre e querida amiga.

    Rosana

    ResponderEliminar
  55. Hola Sor Cecilia!

    Bienvenida a mis Estados de Alma!

    Sí, me parece que somos dos Almas Inquietas que tienen inquietudes muy similares...

    Le agradezco que esté muy cerca de mí, seguro lograré llegar más lejos...

    También me quedaré cerca de vos, y así..., podremos compartir tantas cosas que nos oprimen el alma!

    Muchas gracias por sus palabras.

    Un beso lleno de ternura.

    ResponderEliminar
  56. Hola Estrella!

    Gracias amiga por venir.
    Gracias por tus palabras y por unirse a los que se indignan con esto... tan inhumano...!

    Al preocuparme y enseñar la solidaridad para apoyar a los mas débiles..., amiga mía, siento que hago tan poco!

    Estrella, que mal salí hoy de tu blog..., jamas imaginaria que habías sufrido tan gran perdida!

    Pero, mira por otro angulo..., seguro Dios te lo llevó para que no sufriera más... y ahora tienes un angelito en el cielo que vela por ti... siempre!

    Te dejo un beso muy grande y mi cariño.

    ResponderEliminar
  57. Olá querida Rosana!

    Não tens que agradecer querida amiga!

    Que bom que vieste juntar-te à lista dos que se envergonham com as pedras que são atiradas...
    Oxalá as nossas vozes cheguem mais longe que essas pedras... e deixem marcas... no coração e não no corpo!

    Um beijo e continuação de boa semana.

    ResponderEliminar
  58. Enfelimente em plemo seculo xxl ainda acontecem coisas como estas e piores nos país islamicos e não só... Cheguei a ler alguns livros da coleção dos Circulo de Leitores que era sobre as Mulheres em que os proprios pais vendiam as suas filhas para a escravização outras em que lhe eram cortado o clíotris... esta segunda chegou mesmo acontecer em país da europa mas com seres humanos dos país islamicos (era a tradição, o alcorão, eram segundo as leis dos pa´s deles)... Dava para chora porque era como se sentise a dores deles na pele enfim (seitas) o caso do apedrejamento ja no facebook corre a petição para salvaguardar esses seres humanos e outros tipos de petições Já assinei várias apesar de estar em ingles e a muitas pessoas que não sabem ler o ingles (estudos de outros tempos)muito mais haveria a dizer sober os escandalos mundiais mas não vou me alongar mais... Tem seguidor de blog ... E parabens pela escolha do que lhe vai na alma.....

    ResponderEliminar



¡Deja hablar tu corazón...
tus palabras son carícias en mi alma!

ALMA


Deixa o coração falar...
as tuas palavras são caricias para a minha alma!

ALMA


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...